Radiofrequência

A radiofrequência estimula progressivamente a contração das fibras de colágeno que já temos e também a formação de novas fibras. Portanto, é possível atenuar muitas áreas de flacidez – desde face (melhorando o tônus e contorno facial, diminuindo a papada) até regiões corporais (braços, coxas, glúteos, abdome, culote, joelho).

Como os aparelhos mais modernos penetram profundamente na pele, consegue-se atingir camada de gordura, diminuindo medidas e melhorando inclusive assimetrias que eventualmente podem ficar após a lipoaspiração. Normalmente são necessárias, em média, quatro sessões semanais.